Quem Somos

Desde a nossa criação, acreditamos que descobertas e benefícios gerados pela ciência devem ser acessíveis a todos. Através da biotecnologia, é possível criar soluções e oferecer melhorias para a vida das pessoas — seja no presente ou investindo no futuro.

Play video

Nossa Missão

Desenvolver, produzir e comercializar biomedicamentos de competitividade global, com qualidade e acessibilidade, levando os melhores tratamentos a cada vez mais pessoas.

Ser reconhecida como uma empresa de pesquisa, produção e comercialização de biomedicamentos (biossimilares, biobetters e bioinovações, assegurando retorno aos acionistas.

imagem ilustrativa

Nossa Fábrica

Recém construída em Nova Lima – Belo Horizonte, nossa fábrica conta com o que há de mais moderno na produção de biomedicamentos e foi construída com o objetivo de proporcionar ao Brasil independência produtiva de medicamentos de alta tecnologia, como análogos de insulina e outros medicamentos biológicos.

Play video

Nossa História

Somos a Biomm, a união do conhecimento em biotecnologia somado a busca pela acessibilidade da medicina de qualidade com as inovações tecnológicas da indústria farmacêutica. Queremos que cada vez mais pessoas tenham acesso aos melhores tratamentos.

imagem ilustrativa
Control BackControl Forward
1975
FUNDAÇÃO DA BIOBRÁS
Pesquisadores e empreendedores fundam a Biobrás para produzir, inicialmente, enzimas extraídas de matérias-primas animais e vegetais. Destinadas à indústria farmacêutica, algumas dessas enzimas eram: pepsina, bromelina, papaína, tripsina, quimotripsina e celulases (microbianas).
1979
PIONEIRISMO BRASILEIRO NA PRODUÇÃO DE INSULINA
Biobrás e Eli Lilly & Co (EUA) formam uma joint venture na produção de insulina no Brasil. Os cristais de insulina são produzidos em Montes Claros/MG e comercializados no mundo inteiro. A Biobrás é inspecionada e aprovada pela US FDA (Unites States Food and Drug Administration).
1983
PRODUÇÃO DE INSULINA INJETÁVEL
Biobrás compra a participação da Eli Lilly & Co (EUA) e desenvolve insulinas altamente purificadas e formulando o produto injetável, ou seja, pronto para uso.
1988
PESQUISA CIENTÍFICA
Biobrás e a Universidade de Brasília fecham uma parceria com o intuito de desenvolver a industrialização do processo de produção das proteínas recombinantes, como a insulina.
90-99
PRODUÇÃO E FORMULAÇÃO DE INSULINAS ALTAMENTE PURIFICADAS
Biobrás se torna a 4ª maior potência do mundo na produção de insulina, exportando para mais de 20 países.
2000
PATENTE DA INSULINA HUMANA RECOMBINANTE
USPTO (United States Patent and Trademark Office) concede o título que assegura propriedade e uso exclusivo da insulina humana recombinante à Biobrás.
2001
FUNDAÇÃO DA BIOMM
Somos resultado do spin off da Biobras, adquirida em 2001 pela Dinamarquesa Novo Nordisk. Na operação, herdamos todo o conhecimento desenvolvido pela biofarmacêutica ao longo de 26 anos. Ficamos com a expertise na produção em escala industrial de produtos biotecnológicos, direitos de propriedade intelectual da plataforma intelectual de produção de proteínas recombinantes, pesquisadores, executivos e equipamentos utilizados no desenvolvimento do processo de produção de insulina.
2002
CONTROLE DE AÇÕES
Nossas ações começam a ser comercializadas na Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa).
2014
PARCERIAS GLOBAIS
Fechamos acordos exclusivos com 2 laboratórios internacionais: Gan&Lee (China) e Bioton (Polônia), para a representação de medicamentos para o tratamento do diabetes.
2016
NOVOS ALICERCES
Anunciamos investimento de R$330 milhões para construção de fábrica em Nova Lima (MG), um terreno de 100 mil m², com 12 mil m² de área construída e capacidade de produção anual que chega a 20 milhões de frascos de insulina e análogos.
2017
INAUGURAÇÃO DE FÁBRICA E PARCERIAS GLOBAIS
Fábrica Nova Lima é inaugurada e mais dois acordos de exclusividade com laboratórios estrangeiros são assinados: a norte americana MannKind Corporation, para a representação de medicamento com ação rápida para o tratamento do diabetes, e a sul-coreana Celltrion Healthcare, para tratamentos oncológicos.
2018
1ª PRODUTO REGISTRADO
ANVISA aprova Glargilin (insulina glargina), um análogo de insulina de longa duração.
2019
NOVOS PRODUTOS
ANVISA aprova Herzuma (trastuzumabe) e Afrezza (insulina humana em pó para inalação)